Home / Como lidar com o Diabetes / Aprenda dicas de como aplicar insulina em público

Aprenda dicas de como aplicar insulina em público

Aplicar insulina em público, principalmente para pessoas que têm recém-diagnóstico em diabetes provoca desconforto, muitas vezes provoca sentimentos como vergonha, medo, insegurança, as pernas tremem, o coração bate mais rápido e parece que tudo pode dar errado. Para falar sobre esse tema, o Portal de Bem com a Vida entrevistou Guacyra Guaranha, psicóloga da ADJ Diabetes Brasil.

De Bem com a Vida: Por que as pessoas com diabetes no primeiro momento não gostam de mostrar à sociedade que têm a condição?

As pessoas nem sempre gostam de dizer que têm diabetes porque não sabem se a pessoa que não tem a condição consegue entender o que é conviver com isso. Para viver bem é necessário hábitos saudáveis, boa alimentação, atividade física, uso de medicação, monitorização de glicemia e estabilidade emocional. Algumas pessoas apresentam o medo de que outros indivíduos se afastem delas por causa da descoberta de uma doença. Ninguém gosta de escutar comentários desagradáveis de amigos e parentes e para evitar um descontentamento, preferem não falar sobre este assunto.

De Bem com a Vida: Como proceder em público?

As pessoas devem agir naturalmente, realizando os cuidados necessários para um bom tratamento. É preciso respeitar horário da medicação e alimentação, realizar testes de glicemia e exercícios físicos e manter a calma. É preciso encontrar um espaço adequado para realizar estas tarefas. O canto de uma sala, local limpo e bem arejado com pouca circulação de pessoas parece ser um bom lugar para a aplicação de insulina e monitorização de glicemia. Utilizar técnicas aprendidas, rodízio no local de aplicação e boa higiene facilitam a realização da aplicação da insulina. É importante ter atenção e concentração nesta tarefa para que a observação de outras pessoas não interfira no resultado desta ação.

De Bem com a Vida: Como as pessoas podem perder o receio de aplicar em público?

Respire fundo e tenha certeza de que a aplicação da insulina tem de ser realizada. Evite olhar para as pessoas que estão ao seu redor. Pense no passo a passo de uma boa aplicação e realize um bom trabalho. A sensação de estranheza é diminuída a cada nova aplicação.

De Bem com a Vida: Se sofrer algum preconceito, o que deve fazer?

O preconceito pode acontecer em qualquer momento. As pessoas mal informadas têm o péssimo hábito de falar de coisas que não conhecem e por isso podem magoar os indivíduos que têm a condição. Um julgamento feito de forma inadequada deve ser corrigido pelas pessoas que conhecem e vivem o diabetes. Materiais didáticos como cartilhas, livros e folhetos educativos podem ser entregues para conhecimento.

De Bem com a Vida: Se o amigo ou conhecido achar que é drogas, como a pessoa com diabetes deve se posicionar?

O amigo deve esclarecer o mal entendido, explicando que tem diabetes e que por isso faz uso diário de aplicação de insulina.

De Bem com a Vida: Você pode deixar uma mensagem? 

A busca por uma boa qualidade de vida depende de uma boa educação em diabetes. Qualquer problema, procure ajuda em Associações de Diabetes.

Vanessa Pirolo

Jornalista, criadora do blog convivência com diabetes, tem diabetes desde o seus 18 anos, e redatora do Portal DBCV. Quer me conhecer melhor? Então, clique aqui!

More Posts - Website

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

ANA paula post

Convivência com o Diabetes em Portugal, Itália e Holanda. Veja a experiência de Ana Paula Camargo!

Uma Brasileira na Europa Ana Paula Camargo Um pouco além dos 40 anos de idade ...