Home / Como lidar com o Diabetes / Confira os benefícios que os exames de hemoglobina glicada proporciona quando é feita a cada três meses.

Confira os benefícios que os exames de hemoglobina glicada proporciona quando é feita a cada três meses.

Estudo relata a importância de realizar o exame de hemoglobina glicada a cada três meses

Foi publicado um estudo na Revista Diabetes Care de outubro de 2014 sobre a importância da frequência de se fazer a hemoglobina glicada para controle da glicemia. Os investigadores examinaram as correlações entre a frequência dos testes de hemoglobina glicada (A1C) e a alteração percentual nos níveis de A1C, com base nos resultados obtidos de uma população e 400.497 testes repetidos de A1C, realizados por 79.409 pacientes.

Os resultados mostraram que em pacientes com uma A1C inicial maior que 7%, a realização de testes a cada três meses esteve associada a um melhor controle glicêmico e a uma redução de 3,8% nos níveis de A1C. A frequência de testes com intervalos acima de seis meses esteve associada a um mau controle glicêmico e a realização de testes anuais apresentou um aumento de 1,5% nos níveis de A1C.

É importante salientar que a hemoglobina glicada mostra o controle glicêmico durante os últimos dois ou três meses. A A1C mede a quantidade de glicose que é incorporada ao sangue (hemoglobina) nesse período. Esse exame tem sido o principal parâmetro para que o médico possa dizer se a pessoa com diabetes está bem controlada ou não. Se o exame der um resultado inferior a 7%, o controle glicêmico tem sido bom. No entanto, se o resultado for acima desse valor, deve-se procurar mudar a terapêutica.

Segundo o endocrinologista Miguel Hissa, “a hemoglobina glicada precisa ser feita de três em três meses para que a pessoa saiba se está fazendo o tratamento adequado ou se cometeu excessos e, por pouco tempo, não houve um bom controle”.

“Mas a hemoglobina glicada não é um incentivo para o controle, acho que este papel é desempenhado pelo médico e pela educação que o paciente recebe. Outro ponto importante é que a hemoglobina glicada não é o único exame que relata o controle da glicemia, pois muitos pacientes apresentam variabilidade de glicemia muito alta, ou seja, do menor para o maior valor, ou seja, de uma hipoglicemia para uma hiperglicemia em pouco tempo. Por isso, também acompanho os valores da glicemia nos monitores de glicemia ou nos diários, para saber se a pessoa está fazendo um bom controle”, relata Dr. Miguel.

“É sempre bom destacar que o bom controle de glicemia traz inúmeros benefícios, entre eles redução de complicações neurológicas e microvasculares, além de diminuição de riscos para o sistema renal e ocular”, finaliza o endocrinologista.

Comentários

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

juntos

Roche Diabetes Care promove o Programa Juntos & Conectados em Sorocaba

A Roche Diabetes Care criou O Programa de Educação Continuada Juntos & Conectados para levar ...