Home / Exercícios Físicos / Esportes de A - Z / Conheça as diversas modalidades de tiro esportivo e suas peculiaridades!

Conheça as diversas modalidades de tiro esportivo e suas peculiaridades!

Já pensou em praticar tiro esportivo? Conheça a história e os desafios desta modalidade!

O tiro começou a se tornar uma prática esportiva na Suécia, no século XIX. Em seguida, os outros países europeus começaram também a levar esta modalidade para seus países. A Federação Internacional de Tiro Esportivo foi criada nos Estados Unidos por volta de 1871 e ganhou o mundo.

No Brasil, o tenente Guilherme Paraense foi o primeiro esportista do país a ganhar medalha de ouro nos Jogos Olímpicos, em 1920. Durval Guimarães representou o Brasil em cinco Olimpíadas, mas neste ano, Felipe Wu conquistou a medalha de prata na prova de tiro esportivo de ar de 10m. Com esta conquista, o esporte ganhou mais visibilidade no território nacional e com certeza atrairá mais pessoas para esta modalidade.

tio

Ricardo Fernandes, com 61 anos, 56 deles com diabetes, moderador de Comunidades do Diabetes no Facebook e um militante na causa, pratica desde os 10 anos de idade, quando ganhou sua primeira arma. É colecionador, atirador, instrutor de tiro, lecionou para as polícias civil, militar e federal durante vários anos e competiu em várias modalidades. Em seu sítio, funcionou uma academia de tiro chamada ACADETIR em que hoje praticamos o Hunter Field Target, que utiliza alvos metálicos, simulando animais, que são colocados em distâncias de até 150 metros.

Tradicionalmente, existem três categorias de tiro esportivo. Com a pistola, a modalidade inclui provas como: pistola livre, sport – direcionados para mulheres, pistola de ar e tiro rápido – só para homens. A outra é praticada com carabina, que abrange três posições (armas diferentes para homens e mulheres), deitado (somente para homens) e carabina de ar. E por último, é realizada com tiro de prato, cujas provas são realizadas skeet, fossa olímpica e fossa dublê. Nessa categoria, em todas as provas, há uma diferença no número de pratos para homens e mulheres. Os pratos têm 11 cm e são feitos de argila, calcário e alcatrão.

De acordo com Ricardo, “pratico uma modalidade de alta precisão com armas de pressão chamadas PCP, primordialmente pela ausência de burocracia que envolve a prática do esporte com armas de fogo. Entre os benefícios, esta modalidade se integra mais com o equilíbrio mental. No passado, pratiquei uma modalidade chamada IPSC em que se atira com revolver ou pistola em movimento acelerado com múltiplos alvos. Nesse caso seria como uma corrida de obstáculos, o que interfere mais diretamente com uma possível diminuição da glicemia por estar em constante movimento”.

Ricardo Fernandes

“O desafio é o tiro de alta precisão com um tipo de arma de pouca potência, (chumbinho). Exige muito do atirador, bem mais que nas armas de fogo convencionais. O tiro é um esporte que necessita de muito controle mental e concentração, e nunca deve ser associado à violência que se pratica com armas de fogo. Não existe violência e sim o violento! No tiro conquistei tudo que sonhei. Hoje pretendo somente manter o hobby”, complementa Ricardo. Para quem se interessar, saiba que qualquer pessoa com mais de 18 anos pode praticar!

Vanessa Pirolo

Jornalista, criadora do blog convivência com diabetes, tem diabetes desde o seus 18 anos, e redatora do Portal DBCV. Quer me conhecer melhor? Então, clique aqui!

More Posts - Website

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

9. corrida email

Quais são os prós e contras das superfícies de corrida! Confira os detalhes aqui!

Pisos e Superfícies para Corrida Emerson Bisan* Caros leitores, nessa matéria daremos “dicas” importantes sobre ...