Home / Consumidores / Entendendo o Diabetes / Conheça a glicogenose e a ligação com diabetes!

Conheça a glicogenose e a ligação com diabetes!

O que é glicogenose?

gene

Sempre buscamos linkar diabetes com boa parte das notícias, que são publicadas pela mídia. Um assunto que chamou a atenção foi glicogenose. Para sabermos o que é, quais os problemas ocasionados para quem tem o diagnóstico desta patologia e qual a ligação com diabetes, procurei as principais respostas.

Glicogenose é uma doença resultante de deficiências enzimáticas, que afetam o processo de fabricação do glicogênio, estoque de energia rápida do organismo, forma em que a glicose, principal fonte energética das células, é armazenada nos músculos e no fígado.

Ou seja, o fígado proporciona a liberação da glicose para vários órgãos, incluindo os órgãos e o cérebro. Quando o glicogênio não consegue ser quebrado, devido à deficiência de alguma destas enzimas, este ser acumulado no órgão e acarreta uma série de consequências.

Uma delas é a glicogenose tipo 1, doença em que as enzimas são incapazes de manter os níveis adequados de glicemias nos períodos de jejum, o que acarreta hipoglicemias, entre outros sintomas. O diagnóstico ocorre por meio de análise laboratorial. Para o tratamento, é necessário fazer uma alimentação com o consumo de amido cru, transplante hepático, entre outras medidas. A glicogenose tipo 3, chamada de doença de Cori, causada pela deficiência da enzima amilo-1, é muito parecida com a glicogenose tipo 1 e seu tratamento é semelhante com esta patologia.

Já a glicogenose tipo 4, chamada também de doença de Andersen, é causada pela deficiência da enzima amilo-1,4-1,6-glicosidase. É acometida pelo fígado e há aumento do fígado e do baço, além de alterações neuromusculares variadas. O transplante do fígado é o único tratamento viável.

Outra variação da patologia é a glicogenose tipo 5, cuja outra denominação é a doença de MacArdle. Ela acarreta deficiência da enzima fosforilase muscular, cujos sintomas são: câimbras e dor muscular. Por outro lado, a glicogenose tipo 6, chamada de doença de Hers, é causada pela deficiência da enzima fosforilase hepática. Seus sintomas são leve retardo de crescimento, elevação de triglicérides, de colesterol e de ácido úrico. Seu tratamento consiste no consumo de amido cru.

A glicogenose tipo 7 é causada pela deficiência da enzima fosfofrutoquinase e seus sintomas e tratamento são semelhantes à glicogenose tipo 7. Já a glicogenose tipo 9 ocorre com a deficiência da enzima fosforilase quinase. Acomete o fígado e em alguns casos o músculo. Seu tratamento é semelhante à glicogenose ao tipo 6.

Por último, a glicogenose tipo 10 acomete o fígado e músculos. O tratamento consiste em uma dieta específica, repleta de frutas vegetais e grãos integrais, diminuindo o consumo de gordura. Podem-se utilizar medicamentos.

A referência bibliográfica é: http://www.hepcentro.com.br/glicogenoses.htm

Vanessa Pirolo

Jornalista, criadora do blog convivência com diabetes, tem diabetes desde o seus 18 anos, e redatora do Portal DBCV. Quer me conhecer melhor? Então, clique aqui!

More Posts - Website

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

Young handsome man leaning against grey wall with arms crossed. Cheerful man laughing and looking at camera with a big grin. Portrait of a happy young man standing with crossed arms over grey background.

Saúde Masculina é o tema desta vez. Confira texto completo aqui!

Dia Internacional do Homem O Dia Internacional do Homem é celebrado anualmente em 19 de ...