Home / Como lidar com o Diabetes / Dado Villa-Lobos, ex-integrante da lendária Legião Urbana, fala do seu autocuidado com relação ao diabetes especialmente para o Portal De Bem com a Vida!

Dado Villa-Lobos, ex-integrante da lendária Legião Urbana, fala do seu autocuidado com relação ao diabetes especialmente para o Portal De Bem com a Vida!

Dado Villa-Lobos – Sucesso na Vida e na Arte

Caros leitores, nosso portal preparou uma interessante matéria com o talentoso músico Eduardo Dutra Villa-Lobos que, no dia 29 de junho completa 52 anos.

Dado, como é artisticamente conhecido, nasceu em Bruxelas, na Bélgica, mesmo país em que Hergé deu vida ao personagem em quadrinhos Tintim.

A aptidão pela música possivelmente foi herdada de seu pai, o diplomata Jayme Villa-Lobos, que tocava clássicos ao piano todos os dias durante a infância de seus filhos. Aos 12 anos, Eduardo já apreciava Beatles, Bill Haley, Little Richard, Chuck Berry e Rolling Stones.

Depois de ter morado na Bélgica, Iugoslávia, França e Uruguai, aos 14 anos chega em Brasília onde, anos mais tarde, foi aprovado no vestibular da UNB para Sociologia. Pensou até em dar prosseguimento aos seus estudos na França e seguir carreira diplomática, mas um convite para ingressar na banda Legião Urbana mudou radicalmente os seus planos. Em fevereiro de 1983, já com 18 anos, Dado Villa-Lobos juntamente com Renato Russo, Marcelo Bonfá e Renato Rocha integram a banda que se tornou ícone do rock brasileiro. No ano seguinte, o músico se casa com Fernanda, na época empresária do grupo e, dessa feliz união nasceram os dois filhos, Nicolau e Miranda.

Os talentos de Dado não param por aí. Em 1992 lançou o selo independente Rockit, um dos pioneiros em revelar novos nomes da música pop brasileira, agora em versão digital que, segundo ele “é estimulante e renovador participar de novas formas de expressão musical, traz sentido à vida”. Tempos depois se dedicou à produção de trilhas sonoras para filmes e seriados de TV, as quais foram merecidamente premiadas.

Dado Villa-Lobos, sobrinho-neto do compositor clássico Heitor Villa-Lobos teve sua vida profissional norteada por inúmeros sucessos, mas no campo pessoal ele também foi um grande guerreiro! Foi diagnosticado com diabetes tipo 1 aos 11 anos de vida, época em que morava na França; “precisei ser internado por 10 dias no Hôpital des Enfants Malades, instituição pública cuja equipe médica “acendeu” em mim a disciplina e responsabilidade desde o início do tratamento”, comenta o músico.

“Em 1976 comecei a me tratar com seringas de vidro que, logo, a BD lançou as de insulina. Monitorávamos pela urina com a utilização de reagentes que indicavam a glicemia pela cor. Em 1980 consegui o primeiro aparelho de monitoração sanguínea – o Glucocheck (inglês), o qual teve pouca durabilidade. Hoje, faço automonitorização da glicose quantas vezes for preciso”, afirma Dado.

Disciplina, equilíbrio, consciência e liberdade foram as palavras-chave para obter sucesso no tratamento do diabetes, mesmo na época em que era guitarrista do Legião Urbana.Dado Villa Lobos 2

“Posso dizer que o diabetes mudou minha vida quando tinha 11 anos. Passei por poucas e boas – hipoglicemias inevitáveis, desmaios, internações e, por isso, tive de ficar ciente dos meus limites. Sigo em frente com a ajuda da família e amigos. Por isso aconselha às pessoas com diabetes que encarem o dia a dia naturalmente, superando esse obstáculo com disciplina, glicose monitorada, alimentação balanceada e muito esporte”, declara o talentoso músico.

Dado espera que num futuro próximo com o avanço da nanotecnologia e células tronco possam finalmente descobrir a cura para o diabetes mellitus. E enquanto isso não acontece, devemos seguir em frente sempre!

No término da entrevista ele falou do entusiasmo em casar sua filha Miranda em Portugal no dia 22 de julho e de seus novos projetos; o seu terceiro disco solo “Exit”já está em fase de mixagens e a ideia é lançá-lo até o final deste mês e sair em turnê no segundo semestre do ano. Além disso, tem planos para um programa de TV sobre bicicletas, sua grande paixão!

Ele sonha em participar do Tour de France L’Étape e quer bater seus recordes no Strava, onde milhões de corredores, ciclistas e pessoas ativas utilizam esse aplicativo para registrar suas atividades, comparar seu desempenho ao longo do tempo, conectar-se com sua comunidade e compartilhar com amigos as fotos, histórias e destaques de suas aventuras.

Se pudesse, seguiria em frente sempre pedalando…

Vanessa Pirolo

Jornalista, criadora do blog convivência com diabetes, tem diabetes desde o seus 18 anos, e redatora do Portal DBCV. Quer me conhecer melhor? Então, clique aqui!

More Posts - Website

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

SHUTTERSTOCK_327361349_Huge

Conheça a Dra. Denise Kaplan e seus projetos!

Dra. Denise Kaplan e seu projeto de intervenções educacionais  Caro leitor, você nunca sentiu vontade ...