Home / Consumidores / Entendendo o Diabetes / Estudo chama a atenção das doenças cardiovasculares no Brasil! Confira aqui!

Estudo chama a atenção das doenças cardiovasculares no Brasil! Confira aqui!

stuuudo

Estudo mostra a incidência de doenças cardiovasculares no Brasil, ligadas com diabetes

A Deloitte divulgou, durante o II Congresso Latinoamericano de Doenças do Coração, o estudo A Carga Econômica de Transtornos Cardíacos na América Latina, de 2015. Nele, (Deloitte AccessEconomics Pty Ltd © 2017, La carga de cuatro trastornos cardíacos en América Latina), foram divulgados que as doenças cardiovasculares são as principais causas de morte no mundo e na América Latina, onde 31% de totais de mortes são atribuídas a esta causa e se prevê que este tema será a principal causa de morte durante as próximas décadas.

A cardiopatia isquêmica (estreitamento das artérias coronárias, que levam sangue rico em oxigênio para o coração). Os países envolvidos neste estudo foram: Colômbia, Brasil, Chile, México, Equador, El Salvador, Panamá, Peru e Venezuela. A Organização Mundial da Saúde propõe sensibilizar a população sobre os riscos de doenças cardiovasculares, entre eles o consumo prejudicial de álcool e de sódio, inatividade física e o diabetes.

No Brasil, em 2015, foram registradas 2.845.722 pessoas com insuficiência cardíaca e 23.259 mortes por este problema, representando aproximadamente 2% da população de mais de 20 anos de idade.

São estimados que o custo de insuficiência cardíaca foi de R$22,1 bilhões, sendo que R$14,5 bilhões foram gastos para a saúde, representando 2,2% do gasto com atenção médica do Brasil. O custo médico por pessoa com insuficiência cardíaca foi de R$7.777,00.

Como conclusão deste estudo, os transtornos cardíacos causam a perda do bem estar e geram custos financeiros na América Latina.  O infarto impulsiona o maior custo financeiro, seguindo da insuficiência cardíaca e da hipertensão.

Esta região se destaca por uma falta de existência e aplicação de políticas públicas, que contribuem com o tratamento das enfermidades cardiovasculares. Sendo assim, a prevenção é o melhor controle dos transtornos cardíacos, pois geram benefícios importantes como maior bem-estar para o paciente e para seus cuidadores, como benefícios econômicos.

Medidas como a utilização da telemedicina e apoio telefônico estruturado são as melhores opções para o paciente de insuficiência cardíaca controlar melhor sua saúde. Outra orientação importante é desenvolver controles e educação para o tratamento das doenças. Além disso, outra medida é promover campanhas de conscientização da população, que contribuam com o diagnóstico adequado, cumprimento do tratamento e fortalecimento das ferramentas disponíveis para melhorar a qualidade de vida da população afetada.

Se você ficou alarmado com estes dados e quer saber como manter a saúde do seu coração, acesse esta matéria: https://www.debemcomavida.com.br/o-exercicio-fisico-previne-diversas-doencas-entre-elas-as-cardiovasculares-e-o-diabetes-assumindo-aspecto-benefico-e-protetor-confira-aqui/

Vanessa Pirolo

Jornalista, criadora do blog convivência com diabetes, tem diabetes desde o seus 18 anos, e redatora do Portal DBCV. Quer me conhecer melhor? Então, clique aqui!

More Posts - Website

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

Young handsome man leaning against grey wall with arms crossed. Cheerful man laughing and looking at camera with a big grin. Portrait of a happy young man standing with crossed arms over grey background.

Saúde Masculina é o tema desta vez. Confira texto completo aqui!

Dia Internacional do Homem O Dia Internacional do Homem é celebrado anualmente em 19 de ...