Home / Consumidores / Leia a entrevista emocionante de Alex Alves Neves!

Leia a entrevista emocionante de Alex Alves Neves!

O Diabetes e a Geração de Vanguarda

Alex AlvesAlex Neves Neves, 41 anos, programador, com dois filhos há um ano e onze meses diagnosticados com diabetes tipo I é a personalidade em foco de nossa matéria.

Ele nos conta que houve um forte impacto no momento do diagnóstico, chegando a chorar “escondido” dos filhos, “mas olhando para eles e percebendo que dependem e precisam de mim, criei coragem e fui buscar informações sobre a doença, pois através do conhecimento se consegue entender e aceitar melhor o fato. Sem dúvida foi a melhor maneira que encontrei de colaborar com o tratamento deles”.

Além de enfrentar dificuldades na aceitação da doença de ambos os filhos, “o pai pâncreas” teve de constatar como é deficiente a saúde pública brasileira e, portanto, contou com dificuldades nesse setor, mas em contrapartida teve ajuda de familiares e profissionais da saúde.

Hábil no campo da informática e consciente de que seus filhos pudessem ter problemas no controle da doença, resolveu criar um software cuja finalidade se destina ao controle glicêmico e como fazer a contagem de carboidratos. Dessa forma, integra vários glicosímetros e bombas de infusão de insulina, tendo uma estimativa da hemoglobina glicada e, assim, gera vários relatórios para acompanhamento médico.

Com a utilização diária desse método, percebeu que esse aplicativo pode ser aperfeiçoado para ajudar um maior número de pessoas com diabetes.

Engajado na melhoria de seus conhecimentos para poder transmiti-los e ensiná-los às pessoas que frequentam a Associação Diabetes Brasília, fundada em três de dezembro do ano passado, da qual é presidente, tem atualmente participado em cursos de capacitação, com o objetivo de implantar futuramente projetos destinados à prevenção e educação em diabetes.

Se Alex escrevesse uma carta para si mesmo para ser lida a 10 anos falando como espera estar vivendo no futuro, aqui estão suas exatas palavras:

  • Que o amanhã seja diferente do que vivenciamos hoje.
  • Que tenhamos primeiramente paz, seguida de menos fome e pobreza.
  • Que todos possamos ter o tratamento igualitário em todos setores (saúde, educação, dentre outros) independente de classe social.
  • Que todos os pacientes possam ter acesso aos mais avançados tratamentos existentes.
  • Que meus filhos possam ter orgulho da minha luta (Associação) e venham dar continuidade ajudando ao próximo.

 

 

#juntossomosmaisdocesemaisfortes

Vanessa Pirolo

Jornalista, criadora do blog convivência com diabetes, tem diabetes desde o seus 18 anos, e redatora do Portal DBCV. Quer me conhecer melhor? Então, clique aqui!

More Posts - Website

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

Little toddler boy and girl playing with model car collection on the floor. Transportation and rescue toys for children. Toy mess in child room. Many cars for little boys. Educational games for kids.

Brinquedos Terapêuticos

Experiência com Brinquedos Terapêuticos *Rebecca Ortiz La Banca  A técnica do Brinquedo Terapêutico (BT) é ...